quarta-feira, 18 de abril de 2012

Que tal começar?

Agora pessoal não tem volta, GeneXus é Smartdevices Enabled, só não faz quem não quer (ou não tem, rs...), então, mãos na massa e vamos programar algo no Android.  Faz um certo tempo que já venho fazendo aplicaçõezinhas despretenciosas no EV2 Beta, mas a versão final publicada com certeza quebra todas as expectativas.

Recomendo iniciar com o My First Android Application (http://wiki.gxtechnical.com/commwiki/servlet/hwiki?My+First+Android+Application,) que é uma excelente fonte para iniciar.  A parte mais chata é a instalação do próprio SDK Android, aproximadamente 3.7Gb, e até 12 horas, dependendo da conexão (http://wiki.gxtechnical.com/commwiki/servlet/hwiki?Android+SDK,), mas não tem escapatória, tem que instalar.  As vezes ainda tem que se atualizar, como foi o caso abaixo:

error:
error: BUILD FAILED
error: C:\Models\Manicure\JavaModel\mobile\Android\SalaoVirtual\build.xml:83: Cannot find C:\Android\android-sdk\tools\ant\build.xml imported from C:\Models\Manicure\JavaModel\mobile\Android\Teste\build.xml
error:
error: Total time: 0 seconds
error: Android SDK Tools version 14 or greater is required. Version 13 was found.
Android Compilation Failed
Run Teste Failed

Observe que na documentação da Artech para instalação do SDK é necessário instalar os pacotes da versão 15 e 7.

Nesse exemplo simples cria-se uma transação e em seguida aplica-se o pattern Work With SmartDevices, e um objeto DashBoard para se montar o menu. Uma dica importante, pois o exemplo é simples de se seguir, é definir o DashBoard como Startup Application, caso contrário uma mensagem (...apk) is not available será apresentada indicando que não tem aplicação possível para ser instalada no SD.

Para instalar a aplicação no SmartDevices recomendo o uso do APP QrDroid que é gratuito e pode ser obtido no Android Market. Basta escanear o QRCode que o próprio Gx gera no DeveloperMenu, e a URL onde se encontra a aplicação (APK) será disponibilizada para download e instalação no aparelho.


A pior parte vem agora, que é ter uma idéia fresca, boa e simples para aproveitar essa onda.  Mesmo porque nossa cabecinha, meio obsoleta, insiste em pensar em aplicações Web corporativas, com suas tabelas, fluxos, transações, ..., nada Facebook enabled.  Aliás a nova dessa semana é que o Facebook desbancou a Google em número de acessos no Brasil. (http://blogs.estadao.com.br/link/facebook-ultrapassa-audiencia-do-google/)